O Rádio no RS - Radiodifusão

O RÁDIO EM TAQUARA-RS

O RÁDIO EM TAQUARA-RS

RÁDIO TAQUARA

A 25 de novembro de 1950 surgiu a Rádio Taquara, na cidade do mesmo nome, zona colonial alemã do Vale dos Sinos. Seu fundador foi Leonardo Holtmeyer. Quando de sua fundação, a sede da Rádio Taquara situava-se na Rua Tristão Monteiro, transferindo-se, mais tarde, para os altos do prédio do Café e Cinema Central. A menção à Rádio Taquara nos leva a Ernani Behs, recentemente falecido, porque este veio a ser um dos sócios da emissora.

“Entrei para a vida artística em 1938, no teatro amador de minha terra, e meu primeiro contato com o microfone, simultaneamente, atuando como locutor, operador e angariador de “reclames”, foi no Serviço de Alto-falantes da Praça Principal de minha cidade, Taquara-RS: Serviço de Alto-falantes “A Voz da Alegria”, do engenheiro Alberto Baderman. Ouvia as rádios de Porto Alegre e procurava imitar os grandes da época.” Em 1950, era ele o diretor artístico das duas emissoras Associadas do Rio Grande do Sul, Rádio Farroupilha e Rádio Difusora, das quais nos conta este caso pitoresco:

“... no rádio tínhamos de inventar de tudo para atrair maior interesse do público. Certa feita inventei de transmitir debaixo d’água. Vesti um escafandro do Corpo de Bombeiros, levando o microfone naquele cabeçote redondo que se usa. Imergi, ou imergiram-me no Rio Guaíba com todas as honras e expectativas de uma sensacional transmissão que, não podendo ser submarina, haveria de ser subfluvialina. A medida que meus pés, depois as pernas, a seguir o corpo iniciavam a imersão, senti algo estranho. Uma sensação de humildade me envolvendo e, sem perda de tempo, a terrivel constatação. O escafandro fazia água. O equipamento tinha alguns furos nos pés. Transmissão imediatamente suspensa. Suicídio por afogamento não estava previsto”.

Ernani Behs faleceu em Porto Alegre-RS, no dia 21 de fevereiro de 2002, aos 78 anos de idade, devido a complicações decorrentes de uma pneumonia.