Biografia sobre Radiodifusores

OCTÁVIO AUGUSTO VAMPRÉ

OCTÁVIO AUGUSTO VAMPRÉ

Natural de São Paulo, capital, nascido a 20 de setembro de 1906, ingressou no rádio aos 19 anos, como produtor de programas na Rádio Cosmos, no ano de 1936. Em 1937, foi redator comercial da Rádio Cruzeiro do Sul. Em 1939, assumiu a direção artística da Rádio Piratininga (espírita), onde passou a escrever e dirigir teatros e radioteatros. Em 1941, transferiu-se para a Rádio São Paulo e iniciou a sua fase de novelista, com Oduvaldo Vianna.

Em 1943, assumiu a direção artística dessa emissora e, a seguir, a direção geral de radioteatro das Emissoras Unidas. Em 1945 transferiu-se para o Rio de Janeiro onde foi Chefe de Programação e novelista da Rádio Mayrink Veiga. Em 1948, ingressando na Rádio Nacional-Rio, como novelista exclusivo, atuou até 1951. Em 1951, fundou as Rádios Cultura da Bahia e Itaparica, em Salvador. No mesmo ano, assumiu a direção artística da Rádio Clube de Pernambuco, no Recife.

Em 1952, retornou ao Rio, para a Rádio Tupi, voltou a São Paulo, para a Rádio América. Em 1953, novamente no Recife, desta feita para a Rádio Tamandaré. Em 1955, foi enviado ao Sul, para a Rádio Farroupilha e em 1956 foi transferido para Belo Horizonte: Rádios Mineira e Guarani e, simultaneamente, TV Itacolomi, como supervisor artístico.

Transferiu-se para a Rádio Inconfidência, em 1958. Em 1960, de volta a Porto Alegre, exerceu a supervisão artística da Rádio Farroupilha e TV Piratini. Em 1962 foi contratado pela Rádio Gaúcha, depois TV Gaúcha, até aposentar-se em 1977. Foi agraciado, neste mesmo ano, com o Troféu Gaúcho Honorário, por serviços prestados à comunidade rio-grandense. Foi assessor da Presidência da AGERT - Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e Televisão.