Biografia sobre Radiodifusores

HOMERO CARLOS SIMON

HOMERO CARLOS SIMON

A Copa do Mundo de 1958, na Suécia, foi a grande oportunidade para que a Rádio Guaíba de Porto Alegre assumisse um destacado papel, até hoje mantido, nas reportagens esportivas. Nenhuma emissora do Rio Grande do Sul teve, até aquela época, o atrevimento de concorrer, abertamente, com o rádio do centro do País. A Guaíba, com o concurso de Homero Carlos Simon e seus companheiros Alcides Krebs e Hélio Custódio, conseguiu, a duras penas, manter contato com o PTT (Post Telefonie et Telegrafie de Suisse), localizado em Berna escudados em articulações de Flávio Alcaraz Gomes. O centro de comunicações de Berna forneceu à Guaíba, na mais elogiáveis condições técnicas, as possibilidades para que Mendes Ribeiro, narrador esportivo, e sua equipe, transmitissem com absoluta fidelidade os jogos do campeonato de futebol. Pode-se acrescentar que foi o estimulante sinal verde para todas as memoráveis transmissões internacionais, esportivas e jornalísticas, que a emissora da Companhia Caldas Júnior realizou daí por diante. A esse mesmo campeonato mundial, diga-se, para exatidão histórica, que esteve presente a maior competidora, em todos os tempos, da Rádio Guaíba, a Rádio Gaúcha. Sem os méritos de uma transmissão individual, a Rádio Gaúcha enviou à Suécia, o narrador Guilherme Sibemberg integrando a equipe da Rádio Nacional do Rio de Janeiro, que assumira, na época, o comando de uma rede de inúmeras emissoras brasileiras. Guilherme Sibemberg participou ativamente da transmissão.

Tão relevante, e de tanta repercussão popular foi o sucesso da transmissão da Copa de 1958 de diversas cidades suecas, que Homero Carlos Simon teceu os seguintes e bem eloqüentes comentários:

“...essa transmissão chegou a criar inusitada situação política no Estado. Perguntava-se: Como é possível ao locutor Mendes Ribeiro falar da Suécia, com tão expressiva qualidade e não poderem os gaúchos, pelos circuitos telefônicos, (relembre-se a época, 1958), comunicarem-se telefonicamente com cidades até bem próximas de Porto Alegre?"

E decorreu daí que o engenheiro Homero Carlos Simon foi convocado pelo governador Leonel Brizola, para atuar na Companhia Estadual de Energia Elétrica, nos serviços de telefonia estadual.