Artigos sobre Radioamadorismo

DIA DO RADIOAMADOR

DIA DO RADIOAMADOR

UM ACONTECIMENTO DE REPERCUSSÃO NACIONAL

O prestígio do Radioamadorismo brasileiro ficou evidenciado nas comemorações do Dia do Radioamador, 5 de novembro, que em 1977 , Edital nº 29, culminou, alcançando a mais ampla repercussão no país, com o lançamento de um selo comemorativo especial, realizado simultaneamente em numerosas cidades brasileiras e que, na Capital da República, realizado na sede da Liga de Amadores Brasileiros de Rádio Emissão - LABRE, na época presidida pelo Cel. Oswaldo Muniz Oliva - PT2ZZ, contou com a presença do Ministro das Comunicações, Comte. Euclides Quandt de Oliveira, do Governador do Distrito Federal, Sr. Elmo Serejo, e do Presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, Sr. Adwaldo Botto de Barros. A Loteria Federal do Brasil, em sua extração de 9 de novembro de 1977, também homenageou o Dia do Radioamador, publicando em seus bilhetes a  fotografia da bela sede da LABRE em Brasília, com os dizeres “Homengem ao Dia do Radioamador - Sede da LABRE - BRASÍLIA/DF”.

SOBRE O SELO

Para ilustrar o selo, o artista, Humberto Franceschi, decidiu-se por um processo fotográfico concêntrico obtido através da superposição de cores convergindo para o centro, atendendo à idéia proposta no selo, de freqüência de ondas de rádio.

DADOS SOBRE O FOTÓGRAFO

Humberto Moraes Franceschi é brasileiro do Rio de Janeiro. Em 1953 formou-se em Direito. Lecionou fotografia na Escola Superior de Desenho Industrial - ESDI entre 1964 e 1970. Desde 1954 tem exercido a profissão de fotógrafo profissional, dedicando-se a fotos de publicidade e arquitetura, com exposições realizadas em Bruxelas (1958), Tóquio (1959), Nova Iorque (1960), Seattle, Chicago, Brasília, Lisboa, Moscou, Tel Aviv (1962), Rio de Janeiro (1971), Paris (1973), Genebra, Munique e Berna (1974). É o autor das fotos do livro comemorativo do 4º Centenário da Cidade do Rio de Janeiro.