Artigos sobre Radioamadorismo

LEMBRA-TE RADIOAMADOR:

LEMBRA-TE RADIOAMADOR:

- Que és brasileiro.
- Que o teu microfone é o veículo da tua palavra e do teu pensamento.
- Que as tuas palavras estão sendo ouvidas no Brasil e no estrangeiro.
- Que, do que disseres, dependerá o conceito que cada ouvinte fará do radioamadorismo brasileiro.
- Que não podes fugir à boa ética de uma terminologia que não venha ferir com expressões menos elegantes e palavras de sentido equívoco, a suscetibilidade dos que te escutam.
- Que, se tuas palavras não forem medidas e pensadas, poderão elas  condicionar a uma idéia errônea da nossa LABRE e dos seus componentes.
- Que, se uma medida ou atitude da Direção da LABRE não te agradar, se um erro ou falha do serviço administrativo te causar dissabores ou prejuízos, não extravases teus sentimentos pela faixa, dirige-te à Diretoria da LABRE .
- Que as críticas que fizeres pelo microfone nada constroem; ao contrário, desprestigiando a instituição, farão a mesma perder a consideração pública, além do péssimo exemplo de indisciplina dado a quantos te escutam.
- Que não deves confundir liberdade democrática com licenciosidade.
- Que nunca te deves enfileirar com aqueles  que, por motivos inconfessáveis, procuram tudo denegrir, aviltar, confundir numa demonstração entristecedora da falta de patriotismo e de brasilidade.
- Que deves ter sempre presente os termos em que te foi concedido o privilégio de possuir um transmissor, privilégio que nem todos os países concedem aos seus concidadãos.
- Que a LABRE deve ter para nós a significação de uma palavra de fé, de otimismo construtor, de fraternidade universal e de brasilidade integral.
- Que a disciplina do radioamador deve ser observada em toda a sua plenitude, pois o radioamador é cavalheiro, leal, progressista, cordial, prestativo e patriota.
- Que nunca deves reclamar um canal exclusivo aceitando com humildade as eventuais interferências.
- Que nunca deves sintonizar teu transmissor na freqüência ocupada; aí talvez esteja em curso um comunicado importante.
- Que, tanto quanto possível, nas operações em CW, não te afastes das faixas reservadas a esse fim.
- Que não deves deixar o colega, com quem te comunicaste a primeira vez, esperando indefinidamente a confirmação do QSO.
- Que nos comunicados em vox control, o teu indicativo de chamada não deve ser omitido durante o QSO.
- Que em todos os comunicados que realizares deve mostrar-te amistoso, interessado e compreensivo. A maneira de fazeres as coisas é tão importante quanto as coisas que devem ser feitas.
- Que todos os radioamadores sintonizam o mesmo objetivo e sincronizam os mesmos ideais.

   Fonte: QTC nº. 28/73 do Sr. Presidente da LABRE.