Artigos sobre Radioamadorismo

Por: ASSOCIAÇÃO SANTACRUZENSE DE RADIOAMADORES - ASCRA

ASSOCIAÇÃO SANTACRUZENSE DE RADIOAMADORES - ASCRA

PY3CBS

Na década de 60, em Santa Cruz do Sul, Estado do Rio Grande do Sul,  já havia um grupo bastante ativo de radioamadores, os quais reuniam-se as vezes na casa de algum colega, ou no Café Schuck, que estava estabelecido na Rua Marechal Floriano, hoje Lojas Hering, outras vezes no Restaurante e Churrascaria Centenário. Por vezes os bate-papos sobre rádios, concursos e assuntos ligados a atividades do radioamadorismo tornavam-se difíceis de serem tratados em público, por não haver um ambiente reservado para tal, ou por interrupções a cada vez que chegava um novo freqüentador destes locais e cumprimentava algum membro do grupo.

Surgiu então a necessidade de criar um ambiente próprio para estas reuniões, uma sede, e a 25 de novembro de 1965, numa noite bastante chuvosa, no Café Schuck, o grupo composto pelos Srs. Carlos Gustavo Hoelzel - PY3AJO, Celso Trigo Alvarez - PY3AIE, Marga Hildebrand Alvarez - PY3BPF, Jorge Emílio Hoelzel - PY3LO, Claudio Forte Paranhos (Labreano), Atila Cardoso Carpes - PY3BLC, Ido José Schuck - PY3BQM, Frederico Eurico Hoelzel - PY3AML, Enio Oswaldo Wolf - PY3BJM, Waldemar Dornaldo Emmel - PY3BGJ, Inácio Back - PY3BSG, Alfredo Oscar Hildebrand (Labreano), Heinz Rudi Boesing (Labreano), João Manuel Paranhos - PY3PE, foi dado o pontapé inicial com a fundação da ASCRA - Associação Santacruzense de Radioamadores.

A notícia foi divulgada pela LABRE/RS através da PY3AA, no Boletim Falado nº. 47, do dia 9 de dezembro de 1965. Estava consagrada a ASCRA como Rádio Clube de Santa Cruz do Sul. A primeira diretoria foi eleita a 2 de março de 1966, tendo como Presidente de Honra o Sr. Carlos Gustavo Hoelzel (pioneiro radioamador no município), Presidente Sr. Celso Trigo Alvarez (Sub-Diretor da LABRE/RS, e carinhosamente conhecido como Homem do Cavalo Baio, na Rodada dos Munhecas), e Vice-Presidente o Sr. Cláudio Forte Paranhos. Rapidamente esta diretoria tratou de trabalhar na elaboração do 19º Rancho do Radioamador Gaúcho, que realizaria-se nos dias 21, 22 e 23 de outubro de 1966. Paralelo a isto, foi realizado nos dias 15 e 16 de outubro, o Concurso 1º FENAF - Festa Nacional do Fumo, que ocorreria nas faixas de 80, 40 e 20 metros.

O emblema da ASCRA que foi utilizado na ocasião era uma folha de fumo, com a insígnia ASCRA, do pé para a ponta, fazendo juz ao nome Metrópole do Fumo. Definitivamente a ASCRA estava na mente de todos os Radioamadores Gaúchos, pois o 19º Rancho do Radioamador Gaúcho que foi realizado em Santa Cruz do Sul, foi um sucesso tamanho que o Prefeito Municipal de Santa Cruz do Sul, Sr. Orlando Oscar Baumhardt, convidou a Diretoria da ASCRA, na chuvosa manhã de sábado, dia 22 de outubro, durante a realização do Rancho, para uma reunião da Prefeitura, anunciando que o município faria a doação de um terreno para futura instalação de uma sede social. Em 04 de abril de 1968 o Prefeito Municipal de Santa Cruz do Sul, Sr. Orlando Oscar Baumhardt, baixou o decreto n.º 1.399, considerando a ASCRA como Utilidade Pública, data que foi  encaminhado ao Poder Público o Projeto de Doação de um terreno nas esquinas da Rua Carlos Trein Filho com a Av. Independência. A 11 de julho de 1968, foi registrado em ata o apoio que os colegas militares (8º Batalhão de Infantaria Motorizado) dariam na construção da sede social.

Finalmente, em 31 de março de 1969, o então Prefeito Municipal, Sr. Edmundo Hoppe, entregou a escritura pública n.º 61.155 do  terreno, onde ainda hoje permanece estabelecida nossa sede, ao Presidente da ASCRA, Sr. Celso Trigo Alvarez, Vice-Presidente Sr. Jorge Emílio Hoelzel e o Secretário Geral Sr. Ido José Schuck. O Estatuto Legislativo da ASCRA foi criado a 21 de julho de 1969 e apontado sob n.º 6.824 - Livro A2, do Cartório de Registro de Títulos de Santa Cruz do Sul. A primeira reunião realizada na atual sede da ASCRA, foi a 4 de junho de 1970, assim relatada em ata de Assembléia:

“Sob presidência de PY3AMF - Frederico Eurico Holezel, esta foi a primeira reunião realizada em nossa sede própria, em situação precária é bem verdade, porém com aquele júbilo de estarmos em nossa própria casa, parcialmente fechada, já com seu telhado e assoalho... “

A 30 de julho de 1970 foi servido um churrasco de comemoração do final da construção da sede social. De lá para cá, são os 35 anos de história de radioamadorismo e principalmente de companheirismo. Hoje contamos com 35 associados, em sede própria, com bons equipamentos de rádio e repetidoras de VHF. Sempre prestando serviços a comunidade local, como por exemplo, o acompanhamento junto com a Justiça Eleitoral, no ano de 1998, do funcionamento das urnas eletrônicas, utilizadas pela primeira vez no município. Foi feito uma rede de cobertura de diversos pontos da cidade e do interior. E, em todas as 15 edições da ocktoberfest de Santa Cruz do Sul, a ASCRA se fez presente, ou com estande expondo seus equipamentos e entrosando-se com a comunidade, ou em contestes comemorativos ao evento.